Saiba o que é e aprenda tudo sobre necromaquiagem

Saiba o que é e aprenda tudo sobre necromaquiagem

Muitas pessoas não sabem o que é a necromaquiagem, inclusive, algumas nem sabem que esse tipo de serviço existe. Sendo assim, caso você seja uma dessas pessoas que desconhecem essa área do ramo funerário, essa é a oportunidade de aprender mais sobre o assunto.

Portanto, no texto de hoje, falaremos sobre a necromaquiagem para que você conheça todos os processos que envolvem esse tipo de serviço. Confira mais informações a seguir!

O que é a necromaquiagem?

É um serviço que geralmente é oferecido pelas empresas funerárias, juntamente com os serviços de tanatopraxia, que é a preparação do corpo para o velório e para o sepultamento.

Ambos serviços têm como objetivo deixar o falecido com um aspecto mais natural, principalmente quando a morte acidental ou mesmo quando a pessoa falecida sofreu e passou muito mais tempo do que o habitual no hospital depois da morte.

Como é feita a necromaquiagem ?

No geral, a necromaquiagem é bem parecida com a maquiagem tradicional, que é utilizada em pessoas vivas. Os materiais e produtos utilizados no processo são os mesmos.

A diferença é que esse processo de maquiagem é feito em pessoas que já faleceram. Sendo assim, o profissional deve tomar alguns cuidados extras nesse tipo de serviço, principalmente em relação a coloração de pele. Por isso, normalmente é aplicado primeiramente um creme hidratante em toda parte do corpo da pessoa falecida que ficará exposta durante o velório.

O hidratante ajuda na aderência dos produtos que serão usados e melhora a condição da cútis. Logo em seguida, o profissional irá avaliar o caso para identificar o tipo de maquiagem necessária, natural ou corretiva.

Com isso, o necromaquiador irá tentar recriar o mesmo estilo que pessoa tinha quando estava viva. Para isso, serão usados produtos e técnicas que ajudem a aproximar a aparência do falecido à imagem que ele tinha quando estava vivo.

Mas, não é apenas o rosto do falecido que passa por uma transformação, o profissional também realiza tratamento nas mãos, isso porque elas ficam expostas durante o sepultamento. As unhas são pintadas para tirar o aspecto azulado que elas costumam ter quando a pessoa morre.

Qual a importância da necromaquiagem?

Também chamada de maquiagem funerária, a necromaquiagem é o uso de várias técnicas de área de estética e de maquiagem que tem como principal objetivo melhorar a aparência do falecido. Tornando a aparência da pessoa mais saudável, facilitando assim o processo de despedida dos familiares e amigos.

Quando a pessoa morre de acidente, por exemplo, é bem provável que existam marcas no rosto ou hematomas. Essas características podem acabar chocando os familiares e amigos do falecido. Sendo assim, um necromaquiador deve levar em consideração o estilo pessoal da pessoa falecida para que consiga deixá-lo com um aspecto próximo de quando estava vivo.

Para isso é importante conversar com o profissional antes de acertar as coisas. É provável que o necromaquiador peça fotos de quando a pessoa estava viva para que, assim, consiga achar a melhor forma de deixá-lo com a aparência mais saudável.

Se a pessoa falecida costumava usar maquiagem, por exemplo, o profissional irá copiar da melhor forma possível o estilo da pessoa quando ela ainda estava viva.

O necromaquiador poderá aplicar o batom da cor que a pessoa mais usava, sombras, pó, blush, dentre outros. Se a pessoa falecida não costumava usar maquiagem, o profissional irá cobrir os sinais e marcas, deixando a pele com aparência mais natural possível.

É possível optar por dois tipos de necromaquiagem, a natural, que é usada geralmente, em pessoas que faleceram de forma natural ou que não ficaram com nenhum tipo de deformação ou alteração da aparência, principalmente na face. E o segundo tipo, que é a corretiva, indicada em casos em casos de mortes por acidentes, mortes violentas, afogamentos, dentre outros; onde a pessoa acaba sofrendo alteração na aparência, principalmente no rosto ou em partes do corpo que fiquem visíveis na hora da despedida.

Cuidados que devem ser tomados ao contratar serviços de necromaquiagem

A necromaquiagem é um tipo de serviço sério e de grande importância para a família daquele que faleceu. O serviço pode tornar a despedida mais tranquila para a família e para os amigos. Por isso, é muito importante contratar o profissional certo e que tenha autorização para praticar a maquiagem funerária.

Para atuar na área como necromaquiador, os interessados devem realizar cursos específicos na área e aprender todas as técnicas necessárias para fazer uma maquiagem que reconstrua e harmonize a face das pessoas falecidas. Além de aprender sobre formas humanizadas de lidar com os parentes e amigos da pessoa falecida.

Quando a pessoa está passando pelo momento delicado de organizar um velório, é importante conferir se a funerária a ser contratada possui um necromaquiador e se esse profissional é certificado. É importante também conversar com o profissional para tentar traduzir a personalidade que a pessoa tinha em vida.

Isso irá ajudar no resultado final do trabalho do necromaquiador. Mas, é importante lembrar que a necromaquiagem é apenas uma parte do processo da preparação dos corpos de pessoas falecidas, conhecido como tanatopraxia.

Quanto ganha um Necromaquiador

No Brasil, um necromaquiador recebe salário médio de aproximadamente 2 mil reais para profissionais iniciantes com carteira assinada. Contudo, um profissional autônomo que tenha autorização de curso na área pode ganhar muito mais.

Além disso, quando maior a complexidade do caso, mais caro se torna o serviço. Sendo assim, existem adicionais, que podem ser de R$ 600,00 a R$ 6.000,00 por um único trabalho; porém, para isso, o profissional deve ser qualificado e certificado.

Onde e como surgiu a necronaquiagem?

A preservação dos corpos sempre foi uma preocupação da humanidade e das sociedades desde os tempos antigos, onde eram utilizadas várias técnicas e rituais muito elaborados para preservação de cadáveres.

Ao longo da história da humanidade é possível encontrar vários povos antigos que usavam maquiagem para homenagear os seus mortos. Também eram usados vários tipos de ornamentos para o momento da despedida.

No antigo Egito, o ritual de despedida era considerado sagrado e estava muito ligado a capacidade da alma da pessoa falecida em sobreviver ao outro lado, o lado espiritual. Esses povos usavam muitas técnicas de embalsamento de corpos, com inúmeros ornamentos e, acredita-se, que daí surgiu a necromaquiagem.

Para os orientais, seja, nas Filipinas, Japão ou na China, as homenagens póstumas são levadas muito a sério, muito mais até do que na cultura ocidental. Eles realizam os mais variados tipos de rituais, que incluem também a necromaquiagem.

Para os mexicanos, a visão da morte é bem diferente. Eles acreditam que no Día de Los Muertos, onde as almas dos falecidos voltam a terra para confraternizar com a família e os amigos. Por isso, a ornamentação dos mortos no México é feita de forma adequada para que eles possam comemorar quando voltarem nessa data especial.

***

Enfim, a necromaquiagem é um serviço de grande importância, que está presente em muitas funerárias no Brasil e no mundo. Mesmo não tendo o apelo ritualístico que tinha para as civilizações antigas ou povos de outras culturas, esse serviço é considerado fundamental para a área funerária.

Assim, chegamos ao final do nosso post e se você gostou desse texto, pode gostar também desse aqui “O que é a Tanatopraxia?”.

Muito obrigado e até a próxima!